Exercício na Gestação

Exercício na Gestação


Exercício na GestaçãoA prática de exercício na gestação é algo que já está muito bem estabelecido. O que devemos é tomar os cuidados devidamente necessários para que isso aconteça com segurança.

O Colégio Americano de Ginecologia e Obstetrícia (ACOG) estabeleceu que toda mulher, mesmo que sedentária, deve ser estimulada a praticar exercício durante a gestação.

Inicialmente, os exercícios eram prescritos 2-3 vezes por semana. Atualmente, as mulheres devem ser estimuladas a praticar algum tipo de atividade diariamente, por pelo menos 30 minutos.

Mas, além disso, como bem sabemos, todo exercício físico deve ser individualizado. Na gestação não pode ser diferente.

Sendo assim, atualmente dizemos que a gestação dura “12 meses” e não apenas os “9” que estamos tão acostumados a contar… Esses 3 meses, são determinantes para que a mulher adote bons hábitos para a programação de uma gestação. É o mesmo período que ela iniciará o uso de ácido fólico, precursor essencial para a correta formação do sistema nervoso do bebê.

Baseado nesses 3 meses, será planejada grande parte de suas atividades durante a gravidez. Para isso, ressaltamos 4 informações, as quais chamamos de “FITT” e que deve estar relacionada ao exercício que está acostumada a exercer:

F: frequência de atividade física.

I: intensidade do exercício.

T: tempo de duração.

T: tipo de atividade.

Exercício na Gestação

Essas informações são essenciais para nos orientar para a prática de exercício. As sedentárias deverão preferir as caminhadas e hidroginástica, mas as corredoras, por exemplo, na ausência de contra-indicações, poderão continuar correndo mesmo durante a gravidez. (Agora: ninguém que não corria deveria começar a correr neste período!)

Falaremos mais do “FITT” e das contra-indicações… Por enquanto fica só a certeza de que a última coisa que a mulher deve fazer durante a gestação é “esperar”… Preparem-se para se mexer!!

Quer Saber Mais?

 


Sem Comentários

Poste um Comentário