Intensidade e Volume dos Treinos de Corrida

Intensidade e Volume dos Treinos de Corrida


intensidade e volume dos treinos Com o aumento do número de frequentadores de academias, parques e demais locais onde se pratica exercícios físicos, fica cada vez mais evidente a falta de orientação sobre aspectos básicos da evolução do treinamento físico destes indivíduos, sejam eles corredores ou praticantes de qualquer outra atividade esportiva. A relação Intensidade X volume, apesar de ser um conceito muito útil a qualquer pessoa ativa, acaba não sendo difundida ao grande público, dando margem a erros significativos e até perigosos no planejamento das atividades dos nossos esportistas.

Entendendo a Intensidade como velocidade e inclinação (altimetria) e o volume como tempo, distância e quantidade de treinos, fica mais fácil estabelecer um planejamento adequado. Este conceito pode e deve ser aplicado não só na corrida, mas sim em todas as atividades físicas, como a musculação por exemplo.

Um bom treino é aquele que considera os dois aspectos (intensidade e volume) de forma proporcional, ou seja, uma corrida ou treino de musculação nunca deve ser intenso e volumoso ao mesmo tempo, devemos sempre priorizar, de acordo com a proposta do treino, um dos dois aspectos.

A recuperação para cada estímulo dado ao corredor deve estar alinhada com a intensidade e o volume deste estímulo, devendo sempre ser proporcional.

E vale lembrar que o bom senso é a melhor forma de controlar seus exercícios: toda atividade física deve ser prazerosa, caso contrário ela não será periódica!

Quer Saber Mais?

 


Sem Comentários

Poste um Comentário